quarta-feira, setembro 13, 2006

O 11 de Setembro criou riqueza ou A Síndrome de Midas

Já aqui se falou que o salário médio anual dos CEOs das petrolíferas rondava, no ano transacto, os USD 37.000.000.
Expôs-se igualmente como desde 2001, ou seja, desde o 11 de Setembro, esses ganhos dispararam estratosfericamente.
Pois bem, aqui ficam outros números:

1. Números de militares americanos mortos até agora: 2.600
2. Número de civis iraquianos mortos: em redor dos 100.000

3. O diferença salarial, à altura do 11 de Setembro, entre um soldado americano e um CEO duma empresa da Indústria de Defesa era de 1 para 190 (o CEO ganhava 190 vezes mais que um soldado). O diferencial actual, cinco anos depois, é de 1 para 308 (o CEO passou a ganhar 308 vezes mais que o mete-nojo). O que significa que quanto mais aumentam os riscos e perigos dos soldados, mais aumentam os lucros pessoais dos CEOs. É assim que o bardamerdas fardado recebe uma média de USD 25.000/ano; e o príncipe admninistrador aufere uma média de USD 7.700.000/ano.

4. TOP dos CEOs que mais lucraram após o 11 de Setembro:
- 1º. United Technologies (USD.200.000.000)
- 2º. General Dynamics (USD. 65.000.000)
- 3º. Lockheed Martin (USD.50.000.000)
- 4º. Halliburton (USD.49.000.000)
Outros valentes, que esfolaram entre os 45 e os 25 milhões, foram:
- Textron,
- Engineered Support Systems,
- Computer Sciences,
- Alliant Techsystems,
- Armor Holding,
- Boeing,
- Health Net,
- ITT Industries,
- Northrop Grumman,
- Oshkosh Truck,
- URS,
- Raytheon.
Entretanto, na restante economia, o panorama acompanhou a escalada moralizadora e liberdadeira destes finíssimos campeões. Assim, na indústria petrolífera, o CEO já ganha 518 vezes mais que o trabalhador de base. (Bem feita para o cabrão do otário, permito-me acrescentar).
Enquanto na generalidade da economia, em média, o CEO cilindra o rafeiro por uns belíssimos 411 a 1.

Agora, experimentem dizer a estes felizardos que o "nosso modo de vida" não é o mais sublime modo de vida, que a guerra do Iraque não é a mais justa das guerras e que este mundo não é o melhor dos mundos... Experimentem só!... Fosse eu um deles e até vos bebia o sangue!

Antes de sair, só mais uma curiosidade...
Sabendo que 2.600 militares americanos, mais não sei quantos europeus e até um português já deram a vida na heróica luta contra o terrorismo e a conspiração islamofascista mundial, a pergunta que, para fecho de edição, ocorre é: e CEOs, quantos CEOs já entregaram o presunto para glória da Civilização Ocidental?...

5 comentários:

MP disse...

Em resposta à pergunta:
Não queria o emérito amigo mais nada! 000 000 000 000

A.H. disse...

Fdx ó Dragão, estáva um gajo a escrever um comentário "reflectido" e sem ofenças "corporais" na caixa à 2 "posts" atrás e de repente aquela mer** foi desactivada!
Assim não carago!

Pronto, pronto, tem razão, é a merda do dinheiro que manda no mundo! Direitos humanos e outras "tangas", nunca passaram disso, "tangas"!

dragão disse...

O caro a.h. tem que compreender que isto funciona em regime de lotaria. As caixas abrem e fecham aleatoriamente. Até o Dragão tem que se submeter ao Destino e às suas extracções.

MP-S disse...

'quantos CEOs já entregaram o presunto para glória da Civilização Ocidental?.'

O' Dragao, mas tu julgas que a Civilizacao Ocidental e' uma especie de 'Star Trek' a bordo da 'Enterprise'? So' numa serie de tv e' que os captains Kirks arriscam o presunto em missoes perigosas.
Francamente, pa'...

Diogo Vaz Pinto disse...

Mas estes factos parecem só gritar a uns poucos porque sempre que se deixa explicíta uma qualquer tendência para a suspeição à volta de uma conspiração levada a cabo pelas forças capitalistas americanas aparece sempre um zé antónio a provar com adjectivos como isso é um verdadeiro disparate... Estes mundo merece os parolos que tem e esses CEO's são os únicos gajos que aprenderam a lição - para quê ser honesto? os parvos não o merecem dos espertos.