sexta-feira, setembro 22, 2006

Escol de cadáveres

Não sei se eles querem dar cabo do "vosso modo de vida". Nem sei se esse vosso modo de vida merece outra coisa senão isso mesmo: uns bárbaros que acabem de vez com ele. Nem sequer por uma questão de justiça: por simples descargo de higiene.
Para ser sincero, quero que eles se fodam, tanto quanto o "vosso tão cantado modo de vida"! Actualizando Cristo: "odiai-vos e ide-vos foder todos uns aos outros!"
De resto, está-vos na massa do sangue: a vertigem da carnificina, a volúpia lemming do despenhadouro. A atávica estupidez da massa deve ter desses momentos de paroxismo. Deve acumular fúrias a expensas de frustrações. Se calhar até é um mecanismo regulador do próprio planeta. E, que diabo, já vai um bom par de anos que não tirais a barriga de misérias.
Sede, caralho, sede qualquer coisa - selvagens sem subterfúgios, nihilistas sem maquilhagem, qualquer coisa de honesto. Já que sonsos, tão lanzudamente sonsos, já mete nojo!...
Tanta cagufa, mascarada de guincharia histérica de empoleirados no mobiliário por cada ratinho que passa, é que já cheira mal. Mas se o fedor nauseabundo fosse só esse...
Podeis bombardear quantos árabes loucos quiserdes, andar ao colo com outros proboscídeos tão ou mais tresvairados, que o aroma não passa. É o aroma da decadência, da ignávia, da putrefacção. Da acédia, especialmente. Sob a coroa da corrupção. O Ocidente há muito que se entrega ao repasto dos vermes. O vírus anda a carcomê-lo há séculos. Já tem lombrigas que lhe cavalgam os miolos, ratazanas a minar-lhe os alicerces, bolores até à medula. Parece uma velha gaiteira, podre de gorda, toda besuntada de cremes, botokes e silicones, toda aparelhada de próteses e sobressalentes, toda esticada a plásticas. Mas o ocidente está oco, é um espantalho sem nenhuma alma lá dentro, com uma cruz de madeira a imitar esqueleto, mas corroída e minada pelo caruncho. Uma reles máquina automática de salsicharia; uma burocracia de semi-robôs ao leme de subgorilas.
Há assassinos a roerem-nos por dentro e outros lá fora, cada vez mais vociferantes, à espera. Mera cortesia de necrófagos.

13 comentários:

josé disse...

Alto aí! Temos o Papa. Que sabe de História e foi ao fundo do baú, buscar os tafetás.

O Paleólogo repristinou a paleografia dos textos medievais.
Temos a Europa de volta!

dragão disse...

Isto já não vai lá com Papas nem mingaus, por muito vitaminados que sejam. Agora só mesmo um milagre divino. De proporções épicas!...

Mário Martins disse...

Enquanto não chega ao Dragoscópio a Última Entrevista de Louis-Ferdinand Céline,
eis César Augusto, imperial, cuja escrita suplanta o Céline dos Pamphlets!
Escol de cadáveres é perfeito!

zazie disse...

Como diz o José temos o Papa. O problema é que o Papa não tem rebanho.

Pior ainda. Tem hienas tão corruptas que são capazes de se agarrar a ele para defender os bolsos, e a falta de princípios.

E era isto que eu queria explicar e ainda não tinha conseguido.

zazie disse...

Uma "europa" que compara um discurso daqueles a uma um direito de "liberdade jornaleira" de cartoonistas rasca, é uma palhaçada.

Anónimo disse...

Este Papa é um reaccionário fascista nazi.

Anónimo disse...

As ovelhas ranhosas ouvem-se mais... e as vozes de burro chegam a qualquer lado... a azémola que me antecedeu, por exemplo, acaba de descobrir que um 'fascista nazi' é 'reaccionário'; por isso estou como o outro: nascer entre brutos, viver entre brutos é muito triste.

Anónimo disse...

A derrocada tem atractivos...as leis não são cumpridas, a farra é constante, o amor intenso e voluptuoso que destruindo a rotina e as normas estabelecidas nos torna em herois só os brutos tentam fechar as portas quando já não há janelas, as barricadas privadas não vão salvar a prole anémica dos progenitores assistidos...O Amor em tempo de guerra é ódio também.

Mário Martins disse...

'Este Papa é um reaccionário fascista nazi.'

Que frase!
Bendita blogosfera, que permite estas ´pérolas de cultura'.
Só faltou a palavra 'porco', que geralmente acompanha aqueles adjectivos.

Este espaço merece todo o respeito.

Anónimo disse...

Este Papa é um reaccionário fascista nazi pedófilo.

Arrebenta disse...

Peço desculpa de não ter nadado por aqui. Não tenho tempo para tudo. Vai para os "links", JÁ

Jacintinha Marto disse...

Vou roubar a foto, com licença e "link" :-)

A.H. disse...

"Este Papa é um reaccionário fascista nazi "

Ai é?
Tu queres ver que eu ainda me vou reconverter ao cristianismo?

A parte do pedófilo é mentira e era só para insultar não é verdade?

Já agora assina pá, pelo menos um "nick"! Tens coragem?