segunda-feira, janeiro 21, 2008

O Tutano da problenáutica da questão

Aproveito enquanto o Dragão não volta d'ir à Svetlana (na volta, encontrou também a prima, a Irina e a amiga da prima, a Natalia), para pôr esta chafarica nos eixos, a falar de coisas realmente importantes, para as pessoas que realmente interessam. Dado que o problema da nação continua a ser o mesmo e o único a partir do qual derivam todos os outros, continua em marcha o nosso imparável Movimento... Contr'ós dragões, contr'ós leões, marchar marchar!...

MANIFESTO DO FUNDAMENTALISMO BENFIQUISTA

Informam-se todos os genuínos Benfiquistas, que a Lista de apoio a Eusébio para a presidência do nosso Glorioso, está em marcha! As nossas promessas, que tencionamos cumprir, são:

1. Terraplanagem do novo estádio e reconstrução do antigo, o verdadeiro, o Glorioso, o infernal, o maior da Europa!
2. Utilização de todos estes jovens palradores, que se dizem muito Benfiquistas, mas apenas são anti-Porto, nas obras de contrução: como serventes, trolhas e quejandos, à boa maneira antiga, do primeiro estádio (das Amoreiras, se bem me lembro, mas também a minha memória já não é o que era...) Poderemos assim testar o seu "amor ao clube"...Um estádio para Benfiquistas erigido por Benfiquistas!...
3. Construção da Estátua do nosso Pantera Negra, dez vezes maior, em duplicado, mas agora dentro do estádio, detrás de cada baliza, para apavorar as equipas visitantes!...
4. Extinção da SAD. Conversão do clube também em partido político, com assento na Assembleia da República. Conquistaremos a Maioria Absoluta e lançaremos novas leis, totalmente democráticas, passando o nosso interesse clubista a identificar-se com o "interesse nacional".
5. Fuzilamento dos actuais jogadores (salvo nenhumas excepções) bem como da equipa técnica vergonhosamente entregue a um espanhol! Por decreto, requisitaremos os melhores jogadores a jogar em Portugal, (ou no estrangeiro, desde que cidadãos nacionais, e a começar pelo Cristiano Ronaldo), passando a equipa do Benfica a ser também a Selecção Nacional!
6. Por decreto e revisão constitucional, o Benfica passará a ser igualmente considerado Campeão Honorário, podendo todas as outras equipas, dentro dos moldes convenientes, competir para o segundo lugar!
7. Proibição rigorosa de jogadores e treinadores estrangeiros na nossa equipa! (Muito menos castelhanos!!!) Aliás, a nossa equipa dispensará treinador, pois será uma máquina letal perfeitamente oleada.
8. Adjudicação de receitas do Orcamento de Estado para o engrandecimento e manutenção grandiosa do nosso clube! As percentagens dos Negócios Estrangeiros, da Defesa e da Educação serão suficientes...Senão, recorra-se também às da saúde! Porque a Defesa, a representação externa, a educação e a sanidade do nosso povo dependem das vitórias e da saúde do nosso Glorioso!
9. Mobilização das massas para um apoio esmagador, em qualquer parte do globo, de Lisboa à Antártida, da nossa equipa!
10. Inscrição compulsiva (se necessário) de todos os cidadãos como sócios da nossa colectividade! Cartão de sócio passa a servir também como Bilhete de Identidade Nacional e Passaporte. Registo obrigatório à nascença!
11. Inerentemente, tanto a bandeira como o hino também deverão ser alterados: a bandeira passará a ser vermelha e branca; e o hino nacional será o Hino do Benfica!...
12. As inscrições obrigatórias no nosso clube serão retroactivas, abrangendo até ao Rei Fundador e respectiva mãe.
13. Igualmente, a Igreja Católica deve abjurar do seu arreigado erro: a Santíssima Trindade não é Una em Deus, mas sim no Benfica, sublime colectividade de que tanto o Pai como o Filho como o Espírito Santo (já não falando na Nossa Senhora e nos santos todos) são fervorosos adeptos.
14. Encontrada a verdadeira Fé, deverão todos os desempregados e ociosos reembarcar em caravelas de modo a ir expandi-la pelo mundo. Também podem ir de autocarro, se enjoarem em alto-mar, ou mesmo nos cacilheiros.
15. Todos os jogadores do nosso clube, terminada a sua gloriosa carreira futebolística, serão beatificados; e canonizados, à hora da morte. Sua Eminência, o Santo e Bento Padre declarará o nosso estádio como primeiro Santuário da Cristandade.
16. O árbitro que apitar uma grande-penalidade contra o nosso clube, será acusado de heresia grosseira, conspiração demoníaca, e acabará lapidado na praça pública.
17. Para qualquer jogo do Benfica, nas categorias de infantis, iniciados e seniores, haverá tolerância de ponto; sempre que jogar a equipa principal será declarado feriado nacional.
18. O 10 de Junho passará a ser Dia do Benfica e dos benfiquistas, que é o mesmo que dizer "Dia de Portugal", só que com mais rigor.
19. No dia 25 de Dezembro celebrar-se-á a inscrição, por S. José, do Menino Jesus no Benfica. O pai Natal, esse, dispensa comentários.

Benfiquista verdadeiro, contamos contigo!! Já basta de galinhas e galinhices: Queremos a nossa águia, autêntica, de volta!!! PARTICIPA!!!... Envia donativos, acções, jóias de família, relógios Rolex para onde bem quiseres, mas junta-te a nós!


Adenda e esclarecimento: Como tratamento alternativo, o actual bando de amélias e bailarinas que enverbonha as camisolas do Glorioso dentro de campo e fora dele, todos vestidinhos com o equipamento altreinativo pinkagaio, mais o orelhudo hum-hum, poderão ser sumariamente sovados, enxovalhados e escorraçados em assembleia geral; e, logo de seguida, atirados aos leões do Jardim Zoológico.

A bem do Benfica (que é como quem diz da Humanidade),

Engenheiro-Arquitecto Ildefonso Caguinchas & Euclides Dinossauro (sacerdote-redactor)

4 comentários:

kommando disse...

Impostor!

Quero o Dragão de volta!

a voz disse...

Consócio Engenheiro-Arquitecto, tenha certo o meu voto!...

Menino Mau disse...

meu tambêm

O Réprobo disse...

Meu Caríssimo e Engenhoso Confrade & Engenheiro,
permitir-me-ia ainda actescentar a todas essas ingentes medidas o lançamento de um imposto extraordinário a ser suportado pelos adeptos dos outros clubes, em função dos danos para o ambiente que essa (triste) condição comporta. O princípio do poluidor-pagador, enfim.
Umas palmadinhas à Ludmyla e à Soniushka. Ai que saudades, ai ai.
Abraço