terça-feira, janeiro 22, 2008

Felizmente, há lunáticos



a) «Bank of America net sinks 95 percent»
b)«Australian Markets Lose $300 Billion In 21 Days»
c) «Bush Becomes Supplicant for Saudi's Aid to Help Avoid Recession»
d)«Bank of China suspended in Shanghai amid subprime worries»
e) «World's Largest Bond Insurers Collapsing!»
etc, etc.

Em compensação, hoje mesmo, José Sócrates, afirmou, de olhinhos esbugalhados em devota certeza, que 2008 vai ser um ano de crescimento económico. Terá sido a sua nova equipa de assessores financeiros - o professor Karamba e o Mestre Bambo, debruçados, em brainstorm sincronizada, sobre as miudezas sibilinas duma galinha preta - quem, sem margem para quaisquer dúvidas, lho augurou e garantiu. Uff!, ainda bem. Assim já podemos dormir perfeitamente descansados.

3 comentários:

VML disse...

Porra, é verdade. Além de gostar do dito cujo, é preciso ter uma grande cara dele, ou seja CARA DE PAU.

Mas... e o referendo?

Anónimo disse...

O José, mais dia menos dia vai acabar por ficar sem saber o que há-de fazer àquele nariz, que cresce, cresce, cresce, mas ele não mente, a realidade é que é outra, está sempre a mudar...
Afirma o José, que em 2088 vai ser um ano de crescimento económico.
Sina a minha.
1-Só não o diz é para quem.
2-Já cá não estarei para lhe agradecer.

estouxim disse...

No problema, Dragão, a solução vem aqui anunciada.

Gosto especialmente da parte que diz:
"To prevail, the generals call for an overhaul of Nato decision-taking methods, a new "directorate" of US, European and Nato leaders to respond rapidly to crises, and an end to EU "obstruction" of and rivalry with Nato" e do que se segue.

Doctor Strangelove ataca outra vez...

Quanto ao títere que Davos nos atribuiu, não basta ficar bem na fotografia, dizer disparates com ar sério é imprescíndivel para a função. Inglês, técnico ou corrente, não.