segunda-feira, setembro 10, 2007

Mais arianos kosher

Em Israel, a polícia deteve um bando de cidadãos neonazis.

Agora chamem-me bruxo.

Os ashkenasi são diferentes dos sefarditas e constituem a casta dominante de Israel e do Sionismo. Os sefarditas são aqueles coitados, da penca, que apanham com a má fama toda. Quando na notícia se lê que estes jovens arianos atacavam árabes, gays, emigrantes e judeus, este "judeus", muito provavelmente, significa judeus da casta inferior, os tais sefarditas, alguns deles - muitos dos que viviam na Palestina antes da fundação do Estado de Israel - judeus ortodoxos, imagine-se, anti-sionistas. Confuso? Mas ainda há melhor: no fim da notícia lê-se: «Apesar de serem na sua maioria cristãos, quase todos os detidos chegaram a Israel quando eram crianças».
Judeus cristãos antisemitas... educados em Israel desde pequeninos.
E ainda perguntam o que é que terá falhado na educação. Um sucesso estrondoso destes e eles a procurarem falhas!...

9 comentários:

Anónimo disse...

AHAHAHAH!
Tambem ouvi a noticia. É um fartote
Já ninguem entende um caralho desta merda toda.
É como aquela da extrema-direita de Israel ser nazi-fascista! aahahaha!

Ó Dragão e a Festa do levante?

Legionário

Anónimo disse...

Estes jovens segundo o jornal da manhã RTP1 eram também homossexuais... que batiam noutros homossexuais?... Já não há homossexuais como antigamente...
Engraçado que o jornal haaretz, não diz que são cristãos. Quem conta um conto acrescenta um ponto? Nem o que a RTP afirmou... enfim... a verdade nua e crua...

http://www.haaretz.com/hasen/spages/902490.html
“The eight cannot actually be charged with neo-Nazi activities, because, paradoxically, such activities are not illegal under Israeli law.”
Tradução livre: Os oito não podem ser acusados de actividades neo-nazis, porque paradoxalmente, tais actividades não são ilegais sob a lei Israelita.
Pessoal neo, procurem a embaixada mais próxima... :)
Carlos

Dragão disse...

Isto vai de bem a melhor...

:O))

kommando disse...

Nazis de carnaval. Li sobre isso em algum lugar...

:OP

A.H. disse...

Isto deve ser mais uma "tanguinha" para alimentar a farsa dos famosos "nazis de carnaval".

Caro Drago, os askenaze também são semitas?
Há quem diga que não, no entanto penso que isso é falso, pois tb têm fenotipos próprios diferentes dos europeus.

O Charco-zi, o Abramobicha e o Ui-do-Alien são o quÊ? Askenaze?
Qualquer deles tem um fenotipo não europeu!!!

Quanto a "cristãos" já sei à muito que estão carregados dessa merda, mas como é óbvio é tudo fachada, na verdade são tão cristãos como o meu cão. Têm um nome: cristãos novos.

Flávio disse...

Não percebo onde é que está a admiração. Também em Portugal, o país mais mestiço da Europa, há movimentos neo nazis.

dragão disse...

Esqueceu-se de me chamar anti-semita, ó Flávio. Não me diga que também já nou sou anti-semita?...

:O)

Hans disse...

E depois, esta cambada de ignorantes pencudos não sabe que os nazis - os verdadeiros, do III Reich, não combatiam os árabes, pelo contrário: até havia divisões árabes muçulmanas das SS (verdade).

Quanto aos sefarditas, não eram perseguidos como os ashkenazy, ao contrário do que a «notícia», toda ela inventada, quer fazer crer. O temível SS Heydrich, de quem até Himmler tinha medo, era... sefardita e circunciso. Chamavam-lhe «Jacob» no liceu...

Caturo disse...

O temível SS Reinhard Heydrich foi acusado de ser judeu, mas nunca tal acusação foi oficialmente provada. Por isso é que o deixaram continuar a ser integrante duma corpo de elite cujos membros tinham de provar a sua pureza racial até pelos menos 1750.