segunda-feira, novembro 06, 2006

A Pseudo-Execução

Em séculos passados, para certos e graves crimes, andando o condenado a monte, existiu a "execução em efígie". Várias vezes, a Inquisição, por exemplo, na ausência do invólucro carnal do herege arredio, queimou simbolicamente a efígie respectiva.
Pois bem, os Americanos, no Iraque, sempre pioneiros nestes serviços, estão em vias de inventar uma nova modalidade: "a execução em duplo". À falta do meliante, enforcam o sósia deste.
O que vale é que para a pseudo-justiça bastam pseudo-execuções. Um simulacro a bem do simulucro.

8 comentários:

zazie disse...

Já quando o apanharam eu tinha desconfiado. Não é só o detalhe dos dentes. As sobrancelhas tambném são muito diferentes

ehehe

Não sei, não....

A.H: disse...

Tinha a sua graça.
Tinha sim senhor.

zazie disse...

estive a ver melhor e é igual. É ele, é.

dragão disse...

Em que é que ficamos?... :O)

zazie disse...

é ele, é. Mas não é por muito tempo...

ab disse...

Não, não me parece ele

(ao que isto chegou!!...)

T-Regina disse...

O seu apontamento hoje, Dragão, suscitou-me um comentário que acabou por estender-se por bastante mais linhas do que previra. Daí que tenha optado por deixar-lho no meu loch (http://blogosaurius-loch.blogspot.com/), esperando que não leve a mal o 'click' extra. Saudações blogosáuricas.

dragão disse...

Lá vou. Com todo o gosto.