quinta-feira, novembro 09, 2006

Por um Desfile Alternativo

A propósito da Parada Gay Pride que era para se realizar em Jerusalém...
Jerry Golden, um judeu como deve ser, esclareceu-nos sucintamente que "These people who call themselves gay are sin sick, they are perverts. I remember when I was a small child we called them queers, then we got a little nicer and started calling them homosexuals, and then we started calling them gay, there is nothing gay about these sick people, they stand far everything that is against God, in fact God has condemned them to hell if they don’t repent and accept the Messiah.".
Não surpreende, portanto, que os "Haredi Rabbis (Kabala Rabbis) will use the dreaded Black Magic to curse the organizers of the gay parade". Quer dizer, os "rabis não sei das quantas" ameaçam atirar-lhes em cima, aos pervertidos, com a temível magia negra cabalística (por Toutatis! eu nem sabia que isto existia! Julguei que era mais em África e no Haiti...estou perplexo.)
Para aperitivo à da tal magia negra, os Ortodoxos lá do sítio, amotinaram-se e, indignados com a perspectiva do imoral desfile, tentaram lapidar o Mayor de Jerusalém. Presume-se, além disso, que garantam igual tratamento à abominação, caso esta teime em realizar-se.
Entretanto, do Vaticano, veio também uma condenação frontal do circo garrido. E um apelo veemente ao governo Israelita para que banisse tamanha aberração.
Perante tais tumultos, tamanhas pressões e tão fúnebres perspectivas, a "Comunidade Gay Israelita cancelou o controverso tatu".
Ora bolas! Que desilusão... Um festival tão prometedor!...

Mas não desistam, que diabo. Se não vos deixam fazê-lo em Jerusalém, animem-se: lembrem-se que graças aos denodados esforços e bravas conquistas democratizantes da nossa civilização, já podeis fazê-lo em Bagdad!...
Aproveitem. Meia dúzia de quilómetros e estais lá!... A sociedade alternativa não pode parar.

23 comentários:

Anónimo disse...

Entre o avental e o cilício, mon coeur ne balance pas!

Anónimo disse...

Entre o avental e o cilício, mon coeur ne balance pas!

Anónimo disse...

Entre o avental e o cilício, mon coeur ne balance pas!

Anónimo disse...

Entre o avental e o cilício, mon coeur ne balance pas!

zazie disse...

ahahaha estes gajos são o máximo. E ainda há por aí melros que se persignam de alto abaixo sempre que se fala em cristianismo e se prostram a 4 perante estes gajos.

dragão disse...

Mas aquilo da Magia negra é assustador... dá calafrios. Também terão vudu?

winston disse...

Minha nossa! Olha só...

A.H: disse...

Nojo, nojo ,nojo....
São ambos um nojo!

Mas teremos por acaso de escolher entre enrabados e maniaco-espiritas, ambos padecendo de "superioridade" psico-aberrante?

Há certas alturas em que sinto cá um saudosismo de certos regimes de um passado não muito distante!

Deviam eram todos ir trabalhar à força para a industria, por uma chávena de arroz por dia como fazem os chineses. Assim acabavam logo os tiques demo-parasitas e as industrias passavam de novo a ser rentáveis.

E quem ainda assim continuasse com tiques apaneleirados ou magias de bolso ia era limpar as estrebarias e levava era logo com o chicote!

Irra... isto só mesmo à porrada!

ab disse...

Desta vez sou forçado a concordar com o A.H.
Também eu tenho sido acometido por impulsos 'saudosistas' em relação a 'certos regimes de um passado não muito distante'.
Dou por mim (com cada vez mais frequência) a ter pensamentos nostálgicos em relação à URSS e rocordo (em pranto) os regimes do saudoso Pacto de Varsóvia.
Lá, estas coisas não aconteciam.
Já imaginaram este tipo de 'manifestações' (ou quaisquer outras, eheheheh) na Moscovo dos Sovietes?
Ou na austera Berlim-Leste, capital do gloriosa RDA?...ou em qualquer outro ponto dos territórios dos países Pacto de Varsóvia?
Está bem está....
:o))

O A.H, pelos vistos, gosta de 'porrada' e 'chicote'.
Parece-me que estamos perante um fetichista.
:)

Anónimo disse...

"Entretanto, do Vaticano, veio também uma condenação frontal do circo garrido"

Que hipócritas. Estima-se que 40% dos padres são homossexuais. No Vaticano é bem conhecido o costume em que os padres novos vão recrutar rapazinhos para os seus superiores. Realmente, é tudo um grande circo.

rapazinho à porta do vaticano disse...

Ao anónimo das 10:24. As coisas que você sabe do Vaticano...Será você um padre novo, um superior ou um dos rapazinhos? Não acha um desperdício? Então se o superior tem ali o padre novo escolhido no meio dos 40 % à mão de semear???!!!..E os 40%. Ah, ouviu-os em confissão...
E vaticanos à parte, o que é que o facto de se ser homossexual tem a ver com uma parada de aberrante mau gosto e de grunhice? Já viu o que era uma parada heterosexual, com homens de pelos no peito e bigodaças fartazanas, agarrados a mulheres de seios fartos à mostra, com uma caneca de cerveja na mão. Que tal a imagem?

Anónimo disse...

"E vaticanos à parte, o que é que o facto de se ser homossexual tem a ver com uma parada de aberrante mau gosto e de grunhice? Já viu o que era uma parada heterosexual, com homens de pelos no peito e bigodaças fartazanas,..."

Ai que flor de estufa que você me saíu.

rapazinho à porta do vaticano disse...

Uma flor de estufa mais do tipo cacto para lhe enfiar onde você quer. Assim não tem que esperar que o recrutem pelas ruas de Roma...

Anónimo disse...

Que pobres de espírito! Que falta de imaginação e inteligência! É óbvio que qualquer posição que pessoas como esta defendem, só pode ser a errada. Longe de mim associar-me a tal tribo seja de que maneira for.

Anónimo disse...

"E vaticanos à parte, o que é que o facto (de se ser homossexual) tem a ver com uma parada de aberrante mau gosto e de grunhice?"

Ó Dragão o seu blog está-se a tornar "plural" demais para meu gosto, mas cada um com cada qual


Lusitanus

zazie disse...

lá vêm as porteiras a meter o nariz na latrina para depois se queixarem que cheira mal.

ò homem, se não gosta dos comentários fique-se pela primeira página!
Os escritos da responsabilidade do Dragão estão aí!


ele é cada infonabo à solta... n

Não gostam mas até parece que só cá vêm para coscuvilhar a "clientela"

dragão disse...

Congratulo-me que assim pense, caro Lusitanus.
Há blogues que tentam agradar a minorias (ruidosas ou não); este contenta-se em desagradar ao maior número de pessoas possível. À maioria, portanto.
Mas se é um eco que procura, recomendo-lhe uma caverna.

Anónimo disse...

Não, não estou à procura de um eco. Estava-me a referir à frase de cima do gato escondido com o rabo de fora.

E quanto à Zazie (penso que seja uma senhora), as pessoas têm de se defender sozinhas e a sua frase é muito infeliz "o nariz na latrina para depois se queixarem que cheira mal".

Então é verdade? cheira mesmo mal. Olhe deixe de se armar em Amélie ou Madre Teresa de Calcutá, porque essa sua protecção pelos oprimidos e coitadinhos, faz com que eles sejam mesmo isso.

E o Dragão está aí com coisas mas vê-se logo que não vai a bola com "peganços de empurrão" e "meter o cócó" para dentro. "mas cada um com cada qual" Obviamente não me estava a referir a si. Vou começar a postar com o pseudónimo de "vaginas para quê"?

Lusitanus

zazie disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
zazie disse...

Vaginitus Lusitanus ficava-lhe melhor

Warsalorg disse...

Vaginas para quê? Este Lusitanus é o verdadeiro macho latino, ou então é homofóbico em grande escala. "Opus Machus" Bem, tambem não gosto nada de confusões, mas não chego a tanto. Se não existem paradas heterosexuais poque raio é que existem paradas gay? Opus gay e Ilga ponham-se a pau com os cabalístas!! Sócrates convoca o Uri Geller já!

A.H. disse...

"O A.H, pelos vistos, gosta de 'porrada' e 'chicote'.
Parece-me que estamos perante um fetichista.
"

E quanto a ti, Buicinha, parece-me (já à muito) que estamos perante uma besta completamente quadrada!

Tu em compensação deves gostar é de matar a tiro mulheres e crianças na palestina, não é ó judeuzito sem pedigree?

Parece-me então que estamos perante um psicopata.

E não me fales de comunas, ò meu Trotskyzinho de trazer por casa!

kommando disse...

Lá em Israel é proibido, aqui no Ocidente é obrigatório.

Vou mudar-me para lá antes que me obriguem a dar o rabo!