quinta-feira, março 06, 2008

Auto-bombardeiros, a solução.

O inefável mister W.Bush afirma que a culpa da crise económica não é da guerra externa, mas sim da paz interna. Ou seja, que a origem do alegado problema económico não reside no excesso de destruição de casas no entrangeiro, mas antes no excesso de construção de casas nos Estados Unidos.
Deve ter razão. Tirando casinos e bases militares, o forte dos americanos nunca foi a arquitectura nem a construção civil. E o que agenciam infatigavelmente com a guerra, torram em velocidade ainda mais vertiginosa com a paz.
Neste momento, os Estados Unidos já têm um arsenal imenso de bombardeiros, caça-bombardeiros, super-bombardeiros, bombardeiros estratégicos e mini-bombardeiros - todos eles furtivos, velozes e inteligentíssimos. Pelo anúncio velado do seu presidente, podemos antecipar que, muito em breve, terão também em acção os auto-bombardeiros. Certamente, os mais sorrateiros, astutos e vaporosos de todos.

2 comentários:

joshua disse...

Não há povo nem império mais 'construtivo' no resto do Mundo que os Estados Unidos, uma sofisticada cleptocracia refinada.

PALAVROSSAVRVS REX

kommando disse...

O Império Americano está com os dias contados. Assim como Roma, os Estados Unidos ruirão após terem suas entranhas devoradas.