segunda-feira, setembro 19, 2005

O massacre

A grande tarefa do povo de esquerda, proclamou mais uma vez Louçã, é derrotar a direita. A grande missão da direita, juram, para quem os queira ouvir, os respectivos Louções, é derrotar a esquerda. Há trinta anos que andam nisto, essas duas grandes famílias fantásticas. Na aparência, é todos os dias uma grande batalha, um confronto épico, um armagedão apocalíptico. Na realidade, porém, a coisa raramente ultrapassa o regabofezinho sórdido e macabro. Nem a esquerda derrota a direita, nem a direita derrota a esquerda, mas ambas, em alegre e comilona comitiva, derrotam o país.
Tem sido, de resto, um verdadeiro massacre.
Dito com propriedade, os dois bandos não se combatem: revezam-se.

7 comentários:

Takitali disse...

..."Há trinta anos que andam nisto"...

Há muito mais que isso! Estabeleceram-se por conta prória, três anos sete meses e cinco dias, depois de 01 de Fevereiro de 1908.
O que é que se poderia esperar???...
O 'mapa côr-de-rosa'...
Mas ainda receberam a herança, - Do Minho a Timor!!!

zazie disse...

Estás-te a esquecer de outro detalhe... ainda falta encontrarem-se todos à volta do bolo...

zazie disse...

mas se não fizerem proclamações destas também não há muita maneira de os distinguir quando montam o Poder ":O)))

Anónimo disse...

Cambada de fascistas. Tenham mas é juízo. O Sr. Louçã é um amigo dos trabalhadores e do povo. Um defensor dos ideais de abril. Mas querem um nome para governar este pais? Nuno Morais Sarmento.

Anónimo disse...

Ora, Zazie, eles à volta do bolo é que já não se podem encontrar!... O bolo que havia já eles comeram...e, para ter outro bolo, seria preciso trabalhar. Está-se mesmo a ver que não há voluntários.
Mesmo estes sacadores de agora são sacadores de merda- já não há nada de geito para sacar!

Rui Manuel Amaral disse...

E o D. Duarte Pio? Não será uma solução? Tanto quanto sei, ele gosta de bolos. E os infantes também.

Takitali disse...

Queiram fazer o favor de corrigir no comentª. em vez de "três " leia-se 'Dois anos'.
Muito se engana quem cuida!...