quinta-feira, setembro 08, 2005

A América do Caguinchas



Porra, Dragão, também há coisas boas na América!... Não me importava nada que ela me democratizasse. Socratizado é que não, foda-se!...

7 comentários:

Anónimo disse...

Alarve.

nelson buiça disse...

BOM POST!
Estética muito interessante
Assim dá gosto.

:))

nota: o comentador anterior deve ter-se esquecido certamente do 'g' entre o 'l' e o 'a'.

dragão disse...

Estimada (suponho que é senhora) anónima,
temo que o vitupério usato seja de todo improfícuo. Se bem conheço a peça, taxá-lo de alarve é o mesmo que taxar-me a mim de anti-americano: entra-lhe por um ouvido e sai-lhe pelo outro. Isto se não tomar a coisa por elogio e então pior um pouco: desata a portar-se que nem um pavão e nós, aqui na tasca, aliás ciber-tasca, que o aturemos.
Não, cara amiga, se a ideia é ofendê-lo, menoscabá-lo, chame-lhe "sensível". Ou "responsável". Ou "elegante"... Ou se quiser mesmo atingi-lo mas partes pudendas: "portista". Mas, nesse caso extremo, fuja a sete pés se tem amor à vida, que o gajo vai mesmo aos arames.

Dodo disse...

Long live America: despedaça corações, ó lá o quieie

nelson buiça disse...

Jorge Nuno Pinto da Costa - PRESENTE!!

E, já agora, um recado ao lampionário:

- O 'nosso' holandês é melhor que o 'vosso'!
nhã, nhã, nhã, nhã!

ch'an disse...

"também há coisas boas na América!"

há sim senhor, e todas de plástico.

Anónimo disse...

E eu acrescentaria: Poeta castrado, não!...
Ó larilas!