quarta-feira, abril 02, 2008

Maldito Rousseau!...

Numa escola dos Estados Unidos, uma turma «planeava agredir a sua professora, levando para a sala de aula facas de cortar carne, algemas e tubos de canalização». Matulões energúmenos e cavalonas adolescentes? Qual quê!, pirralhos de 8 e 9 anos. Quanto ao motivo, segundo adianta a notícia, "estavam com raiva da professora por ela ter ralhado com um deles". Céus!, nem imagino o que seria, caso a sotôra tivesse tentado confiscar um telemóvel!...
Porém, compreendo agora o escândalo -nalguns casos, verdadeiramente histérico - que eclodiu entre nós a propósito do vídeo no youtube. Compreendo e apoio. De facto, é chocante e inadmissível -se é que não chega mesmo a ser obsceno - este nosso crónico e repetente atraso na educação! Enquanto os nossos adolescentes ainda vão na birra individual, já as criancinhas dos países realmente desenvolvidos e superpotentes ensaiam workshops colectivos.
Vá lá, fica-nos uma pequena consolação: ainda temos muito que pedalar, é certo; mas vamos, ao menos, no bom caminho. Valha-nos isso! Estamos atrasados, mas não estamos perdidos.


PS: A verdade, no entanto, convém ser dita: eles conseguem ir sempre mais depressa porque não têm - na pata esquerda - o Salazar e - na direita - o Rousseau a embaraçá-los. Além do mais, se estivéssemos numas olimpíadas, sejamos honestos: Locke era considerado doping.

4 comentários:

vespa disse...

Na pata, esquerda, o Salazar?
Bom, seja como for... parece-me que, ainda bem?!...

dragão disse...

A esquerda diz que a culpa é do Salazar. A direita diz que a culpa é do Rousseau.
Com duas patas destas não admira não irmos a lado nenhum. É um país aleijadinho.

vespa disse...

:):):)
Segundo parece, o Salazar uma vez disse a um embaixador português na Inglaterra; que eram exactamente esses que ele não queria em Portugal. Será daí o nosso, bom, atraso? :):):):)
Não responda, porque ainda ando às voltas com a sua pergunta sobre se Deus criou o Diabo...

Serpente do Éden disse...

Tu o disseste: só comem bananas!
Se comessem uma maçãzinha...