domingo, novembro 04, 2007

De volta a Ítaca

Isto, já dizia o meu avô ferreiro, há que malhar enquanto está quente. Ora, tinha eu a coisa ao rubro e preparava-me para malhar como gente grande, quando os senhores filhos da puta da PT acharam por bem cortar-me, abruptamente, o acesso à Net. Apenas porque eu, vejam lá bem, farto da chulice cavalar e do sanguessuguismo militante daqueles cavalheiros, tinha decido, em abençoada hora, trocá-los por outra operadora de telecomunicações. Foi telefone, foi ADSL, foi tudo. Largaram a castigar-me pela infidelidade. O resultado foi o que se viu.
Entretanto, enquanto o pau esteve ausente, folgaram costas. Volto neste momento e dou com o estaminé convertido em comentódromo. Dragão fora, dia santo na loja. Agora, se calhar, vou ter que ficar calado mais quinze dias, que é o tempo necessário para ler os comentários todos. Porém, como quanto mais me calo, mais comentários, pelos vistos, suscito, corro o sério risco de cair num verdadeiro suplício de Sísifo: quando acabo de ler uma montanha deles, já outra montanha maior entretanto se gerou. Reparem no paradoxo: nunca nada do que aqui eu disse foi tão comentado quanto o meu silêncio. Ainda há quem diga que o silêncio não é de ouro. Desato a produzir postais silenciosos -ou melhor: ausências inopinadas - e ainda ultrapasso o "Abrupto".
Bem, vou só actualizar-me e volto já. Imagino o que para lá vai...
Enquanto isso, nada de dramas nem tragédias: este blogue, como tudo nesta vida, vai acabar um dia destes, não duvidem. Só que, por minha vontade, amanhã não será ainda a véspera desse dia. Até porque dois preceitos máximos me mantêm preso aqui ao leme: o dever para com esse escol da humanidade que são os leitores desta casa; e o prazer que me dá ver guinchar a rataria acesa.


PS: Aproveitei para dar um saltinho à Califórnia. Diverti-me a valer. Ao ditado do meu avô, aproveito até para juntar o meu: "quando não está quente, aquece-se."

12 comentários:

Anónimo disse...

Abrupto ??? Quem é essa anónima criatura ???
JNAS
(www.ilhas.blogspot.com)

Anónimo disse...

Maldita PT: devia ter-te obnubilado para sempre... Cuspindo perdigotos, ficavas melhor, ó panilas de trazer por casa da Zazie.

Afonso Henriques, o verdadeiro, desde 1966

Anónimo disse...

Como pode ver os vermes já afiavam os dentes...
Força no lança-chamas grande dragão

Legionário

Anónimo disse...

o prazer que me dá ver guinchar a rataria acesa.

E a nós aplaudir

Anónimo disse...

Pois pois, nova remessa de ucranianas, passar revista às “tropas” e a pt é que paga...
Com todos estes dias de regabofe... ops, desculpe, de paragem ignominiosamente forçada, pt aos leões, de certeza que deu para meditar, quiçá até transcendentalmente.
Com os próximos post iremos ver se o retiro foi forçado ou voluntário:
Carlos
Nota importantíssima
Folgo muito em saber que está bem!

F. Santos disse...

Finalmente! Aqui as Penélopes são os seus fiéis leitores, que não se deixaram seduzir pelos pretendentes blogosféricos de meia tigela.

Anónimo disse...

O Afonso Henriques é um panilas de anilha tão larga que lá cabe uma panela de pressão da silampos - e a tampa é para lhe dar nos cornos, podendo o apito meter-se-lhe pela boca para ir apitando enquanto a panela entra.

Anónimo disse...

Já reparaste, ó Dragão, quanta lombrigagem se instalou aqui durante a tua ausência? É labareda a fundo neles todos, pura e simples extinção! Genocídio!

kommando disse...

Não teria sido uma conspiração para calar o nosso valoroso Paladino da Verdade Inflamável?

Estamos cheios de júbilo com o seu retorno, ó nobre Dragão!

Não vejo a hora de você voltar a baixar o porrete no lombo dos infiéis.

:OP

camarada disse...

Até o afonsinho henriques ressocitou para assistir ao regresso triunfal do Dragão, depois da tentativa de OPA da pt sobre este blog.
Sejas bem vindo de volta ao mundo retrito da internet.

S.Jorge disse...

muito bem Dragão!

Sofia Bochman disse...

Que bom, Dragão!