quinta-feira, outubro 26, 2006

O Ministro à entrada do labirinto



Assim, de ricochete, pareceu-me ouvir o ministro da Finanças, no Jornal da tarde da RTP, a proferir, com quantos dentes tinha, que ia taxar a banca, tal qual taxa qualquer outra empresa. Naturalmente, escandalizei-me. Fervilhei logo de indignação. No ponto em que isto está, o Governo a declarar que vai tributar a banca é uma imoralidade só equiparável ao Papa a intimar Deus para pagar imposto.
Olha que aborrecido!...

Suspeito que depois de fazerem do cidadão otário, querem fazer do otário parvo.

4 comentários:

a.b. disse...

um verdadeiro herege. fogueira com ele já !

A.H. disse...

"Suspeito que depois de fazerem do cidadão otário, querem fazer do otário parvo."

Tem razão a vilanagem não tem fim.
E está sempre um degrauzinto à frente do matarruano!

Sr. Dragão, os p.e o.s (em inglês: Pi i ous) que vêm as notícias religiosamente todos os dias, várias vezes ao dia (procurando notícias em tudo o que é canal que nem cadelas com cio) e ainda as relêem nos jornalecos (para entenderem e decorarem melhor), acreditam em tudo. Mas acreditam mesmo!
Não sendo assim, como seria possivel que esses tansos todos sempre que há eleições, vão a correr legitimar aqueles que os andam a roubar? E ainda por cima com a convicção de verdadeiros cripto-asnos, que pensam que vão salvar o futuro do país.

Aliás se não fosse o chutezinho na bola, a hipnose do ecrâ e a tinta activa e volátil dos jornais, o que seria deles todos!?
Metiam-se concerteza na droga!

"um verdadeiro herege. fogueira com ele já ! "

E lá veio então mais uma piada parva mesmo à Lescroque!

a.b. disse...

ó cliente das 10h02m, tu destilas muito amor e devoção, mas comigo, beijos só sem língua e nada de saliva pá...
quanto ao resto a cartilha é sobejamente conhecida; o querer agrupar os "iguais" - como quem mete os colhões num esfíncter apertado usando uma subtil calçadeira de sapatos - e demarcar-se para o grupo os "outros".
e não é que assim o mundo se torna mais clarificado e clarificador aos olhos do próprio ?!?...
Foda-se, detesto clarividentes !

A.H. disse...

"mas comigo, beijos só sem língua e nada de saliva pá..."

Que classe!

"o querer agrupar os "iguais" - como quem mete os colhões num esfíncter apertado usando uma subtil calçadeira de sapatos "

Ainda mais classe. De bordel, pois claro!

"e demarcar-se para o grupo dos "outros"."

Aqui tem toda a razão, é um prazer não ter nada em comum consigo.

"e não é que assim o mundo se torna mais clarificado e clarificador aos olhos do próprio ?!?..."

Trata-se apenas de lutar por uma ainda existente esperança no futuro. E para isso é necessário ter algumas certezas, que se fazem crescer como flores, e aproveitar o nosso egoismo humano para as defender.
Este sistema está mais do que falido, mas continua a ser alimentado por gente como você e os seus amigos internacionalistas quer comunas quer do capital. Afinal são ambos a retirar os maiores dividendos.

"Foda-se, ... "

Baixa a bolinha ó Buiça.
Já chegaste à estrebaria?