quarta-feira, outubro 04, 2006

A Burogogia ou Aprender a aprender

Há agora uma disciplina no equivalente ao antigo Ciclo Preparatório que ministra a seguinte matéria: Aprender a aprender. Chamam-lhe "Estudo Acompanhado". Durante duas horas, a miudagem aprende a aprender. Calculo que um dia destes, quando o progresso for ainda maior e o país estiver ainda mais modernizado, há-de haver, pelo menos, mais duas horas, em que aprenderão a aprender a aprender. Porque não se compreende como é que eles poderão aprender devidamente a aprender se ninguém os ensinar previamente a aprender a aprender a aprender. E sem saberem como aprender a aprender a aprender como poderão eles aprender qualquer coisa, seja ela Matemática, Português ou Ciências da natureza?
Acabarão estúpidos e frustrados como eu. Porque, se bem que tenha aprendido na ponta da unha a Matemática, o Português e a História & Geografia, faltou-me o essencial: aprender a aprender. Como não aprendi a aprender, aprendi mal, aprendi coisa nenhuma, verti o líquido dos conhecimentos por um recipiente todo ele furado, se é que fundo algum tinha.
Na verdade, o que eu fiz à Matemática, ao Português, às Ciências e até à Moral & Religião, intriga-me hoje o que terá sido. Aprender é que não foi. Pois se ninguém se deu ao trabalho de me ensinar a aprender, como poderia eu ter aprendido o que quer que fosse? Quer dizer que, tecnicamente, sou um perfeito analfabeto - coisa que de resto eu já desconfiava e toda uma vida aos trambolhões certifica. Espanta-me até como raio consegui eu, sem ninguém me ensinar a aprender, logo de pequenino, aprender a andar e a falar. Dado que, por falta de mestre capacitado, não aprendi, só pode ter sido por milagre.
Agora digam que Deus não existe!...

11 comentários:

MP-S disse...

'Porque, se bem que tenha aprendido na ponta da unha a Matemática, o Português e a História & Geografia, faltou-me o essencial: aprender a aprender.'

Bem me parecia que tinhas um problema qualquer de base, o' Dragao. Agora ja' percebi! :O))) (tens razao, ta' tudo chanfrado...)

zazie disse...

ahahaha

mas o que é que tu pensas que são os cursos de formadores?

ahahaha

um grande negócio para ignorantes que aprenderam a aprender a aprender e agora ensinam a aprender a aprender

":O))))

E não os podemos exterminar

zazie disse...

e esqueci-me dos que estão um pouco mais acima e diregem as famosas escolas onde se aprendem estas técnicas de aprendizagem circular.

E depois ainda existem os clãs dos bem aprendidos que se infiltram nas outras universidades para divulgarem as tais artes de aprendizagem. Já para não falar nos que se reformam e vão para o Ministério.

zazie disse...

dirigem

dragão disse...

Não gozem. Isto é fodido. Estou desmoralizado. :O(
Eu julgava que sabia que nada sabia. Afinal, nem isso.

zazie disse...

ahahahah

andas muito doidinho ":O))))

Anónimo disse...

ahahah!...

Anónimo disse...

E se eu desaprender a aprender aquilo que aprendi a desaprender, como é que fica?

Adas8 disse...

Mandato de captura! E prendia-o onde?! Na escola, talvez, e ficávamos lá os dois a aprender a aprender para não morrermos estúpidos... Essa maravilhosa teoria, que de uma coisa dessas se trata, já eu conhecia dos tempos em que fui do(c)ente...dp. deixei-me disso e recuperei um pouco a sanidade. . . De tal forma que, agora, pouco mais leio que o Dragoscópio; é onde ainda aprendo, aprendendo...
Que inveja desse cérebro illuminati
É claro que Deus existe!

hajapachorra disse...

Está enganado, essa compinchice não é só no ciclo preparatório, prudentemente esporra-se até ao 9º ano. Há anos que ando a ver se arranjo atestados médicos, estatuto de alta competição, serviço cívico que me livre a criançada cá de casa. Graças ao bom Deus, e apesar do meu rematado insucesso, a canalhar tem crescido, em corpo e nessa sabedoria da sabedoria, de modos que já só me resta uma desgraçadita. Por essas e por outras é qua ainda há bocada deixei uns gajos de cara à banda: eles preocupados com a taxa de insucesso e eu a rrepelado com a inacreditável taxa de sucesso. É que nas facs. a coisa também já vai por aí, metodologias, técnicas e outros preliminares.

dragão disse...

Cara amiga,
Deus existe, mas está no céu.
Na terra não concebo deuses: apenas deusas!... :O)

Haja Pachorra, tem toda a minha solidariedade.