quarta-feira, fevereiro 27, 2008

Bode's Delusion

Como interlúdio para quem não gosta de cansar a vista e prefere fatigar a mente, aqui fica uma pergunta em dilemática forma:
O que é que é mais perigoso ou prejudicial a uma causa: ser atacada por estúpidos, ou ser defendida e sustentada por mentecaptos? Ou dito doutra forma: "qual é o maior risco para um castelo: ser atacado por aleijadinhos ou ser defendido por paralíticos enfezados?"

(Eu dou uma ajuda à resposta: há quem diga que o maior risco para a vítima é um mau advogado.)

7 comentários:

zazie disse...

ahahahaha

É uma grande verdade. Com certos amigos ninguém precisa de inimigos.

Para o caso em questão- são os ditos que fabricam os bodes.

zazie disse...

Ou, no caso da série (saltei a sequência do post) são os ditos mentecaptos fazem bater bem no fundo qualquer causa.

proletário disse...

é a fotografia do Engenheiro - Arquitecto Ildefonso Caguinchas???

Anónimo disse...

o Engenheiro é teu pai, oh proletário??

timshel disse...

este post é um belo exemplo de algo que pode ser aplicado a tudo e a todos

e os últimos a ver a lapalissada são aqueles que não têm a humildade de pensar que a mensagem também se pode dirigir a eles próprios

mas, normalmente, quando não te remetes a paliçadas, a luminosidade do teu foguetório compensa o vazio escuro e barroco qu te sai do ventre

F.C.Limpa Tudo disse...

É Preciso ter cuidado com este tipo de gente:

“As 5 Leis Fundamentais da Estupidez Humana
Primeira: as pessoas subestimam invariavelmente o número de estúpidos que as rodeiam; e há muitos que julgamos racionais e inteligentes revelam-se, de súbito, inequívoca e irremediavelmente estúpidas. Dia após dia, com uma incessante monotonia, somos estorvados na nossa actividade por indivíduos obstinadamente estúpidos.
Segunda: a probabilidade de uma pessoa ser estúpida é independente de qualquer outra característica dessa mesma pessoa; uma pessoa é estúpida da mesma forma que uma outra é ruiva, e pertence ao grupo dos estúpidos como uma outra pertence a um dado grupo sanguíneo. Em suma uma pessoa nasce estúpida por vontade imperscrutável e inapelável da Divina Providência.
Terceira: uma pessoa estúpida é alguém que causa um dano a outra pessoa ou grupo de pessoas, sem que disso resulte alguma vantagem para si, ou podendo até vir a sofrer um prejuízo; toda a nossa vida é pontuada por acontecimentos que resultam em perdas de dinheiro, tempo, energia, apetite, tranquilidade e bom humor, por causa das acções de alguma absurda criatura que nos provoca danos, frustrações e dificuldades, sem ter absolutamente nada a ganhar com o que fez. Uma criatura estúpida perseguir-nos-á sem razão, sem um plano preciso, nos tempos e lugares mais impensáveis. Ninguém sabe, percebe ou pode explicar porque é que essa absurda criatura faz o que faz. De facto não há explicação, ou melhor, há uma única: a pessoa em questão é estúpida.
Quarta: as pessoas não estúpidas esquecem-se constantemente do prejuízo que implica o convívio com pessoas estúpidas: em geral, são levadas a acreditar que uma pessoa estúpida só fará mal a si mesma, mas isso significa confundir estupidez com credulidade; por vezes, temos a tentação de nos associar a um indivíduo estúpido com o objectivo de usá-lo para os nossos fins, uma tal manobra poderá ter efeitos desastrosos porque dará à pessoa estúpida mais espaço para o exercício dos seus talentos; podemos ter a ilusão de manipular uma pessoa estúpida, mas como não podemos prever todas as suas acções e reacções, seremos rapidamente destruídos e pulverizados pelos seus actos irracionais e imprevisíveis.
Quinta: a pessoa estúpida é o tipo de pessoa mais perigoso que existe, ainda é mais perigoso que o bandido. Perante um indivíduo estúpido está-se completamente vulnerável; geralmente, somos apanhados de surpresa pelo ataque e, quando tomamos consciência desse ataque, não conseguimos organizar uma defesa racional porque o ataque em si não possui qualquer estrutura racional. Entre burocratas, generais, políticos e chefes de Estado, a áurea proporção de indivíduos fundamentalmente estúpidos e a sua capacidade de prejudicar o próximo é perigosamente acrescida pela posição que ocupam.”


Por Carlo M.Cipolla

Anónimo disse...

ó anónimo das 7:03PM, não será antes o teu? é que a tua mãe ainda há pouco me aliviou as bolas... por 5€!