segunda-feira, agosto 06, 2007

Velhas anedotas socialistas



I

As cinco regras do socialismo:
1. Não penses.
2. Se pensares, não digas.
3. Se disseres o que pensas, não escrevas.
4. Se pensas, dizes e escreves, não assines.
5. Se pensas, dizes, escreves e assinas, não te surpreendas.

II

Capitalismo significa a distribuição desigual da riqueza. O comunismo significa a distribuição equitativa da pobreza.

III

Diga-me, já chegámos ao Comunismo ou será ainda pior?

IV

- É verdade que quando chegar o comunismo poderemos requisitar os produtos por telefone ?
- Sim, mas depois iremos recebê-los pela televisão.

V

Porque é que Lenine usava sapatos e Stalin usava botas?
Porque no tempo de Lenine só havia merda até aos calcanhares.

VI

Porque é que os polícias russos andam sempre em grupos de três?
Um sabe ler, outro sabe fazer contas e o terceiro anda a vigiar os 2 perigosos intelectuais.

VII

Haverá KGB numa sociedade comunista?
Não, as detenções serão feitas em regime de autogestão.

VIII

Será mesmo possível construir o comunismo?
Construir, é possivel, sobreviver-lhe é que será difícil.

IX

Durante uma excursão ao inferno um visitante pergunta:
- Porque é que Hitler está mergulhado na merda até ao pescoço enquanto Stalin só está mergulhado até aos ombros ?
Responde-lhe o diabo guia:
- Porque Stalin está às cavalitas de Lenine.

X

As 3 grandes reformas que Kruchev não conseguiu realizar:
1. Construir uma ponte ao longo do rio Moscovo.
2. Fundir a retrete com a banheira.
3. Subdividir o ministério dos transportes em ida e volta.

XI

O que é que acontecerá se um crocodilo engolir o Brejnev?
Irá cagar condecorações durante 2 semanas.

XII


A União Sovietica é o pais onde reina o maior grau de secretismo: em França, numa fábrica não sabem o que fazem noutra do mesmo grupo; na Inglaterra, numa secção duma empresa não sabem o que se faz na secção vizinha; nos Estados Unidos, um empregado não sabe o que faz o seu colega ao lado; e na União Soviética o próprio empregado não sabe o que anda a fazer.

XIII

Quais são os principais obstáculos que atravessa a agricultura dum país comunista?
São quatro: Primavera, Verão, Outono e Inverno.

XIV

Quantos automoveis por pessoa tem um país socialista?
- Dois: o carro da policia, e a ambulância do hospital psiquiátrico.

XV

Qual é a anedota mais curta do mundo: O comunismo.


___ //____


Nota: não sou autor de nenhuma destas anedotas. As anedotas são mesmo assim, anónimas. Dir-se-ia que irrompem por geração espontânea. São uma espécie de património popular universal. Do povo para o povo.

3 comentários:

Duarte Meira disse...

Dragão:

Temos sorte os leitores de ainda não ter abandonado para férias este seu posto, como atleta que nem precisa de correr por gosto para não cansar. Quanto mais se lhe dá gosto de lançar as mordentes chamas a muitos rabos de palha que por cá andam! É também nosso o gosto e o proveito de vermos aqui bem viva e pujante a nossa Língua Mãe, que julgáramos só vicejar em seus filhos moçambicanos (Mia Couto) ou brasileiros. E, no seu caso, anda bem arrimada ao bengalão camiliano; mas a corja e os vulcões de lama remontam hoje com tal força e de tão abissais profundidades que lhe será de jeito dar também a outra mão ao prestantíssimo autor da Toca do Lobo e do Dom Tanas de Barbatanas. Uma sugestão que é o melhor elogio que lhe posso fazer.

Já quanto ao pensamento… Com menos benemérita actividade emissionária por terras onde o excesso de vodka desacerta o taco com o buraco (o Ildefonso que lá se enfonce), veremos se pode afinar a pontaria e visar um pouco mais alto que (por exemplo) as velhas conspirações dos equipados de kipa ou avental.

Um certo assunto, e a evocação que fez de um Nome, levaram-me a intervir em comentário ao pensamento que expôs no postal "Os Poucos Demasiados", de 1 de Agosto. Fico-lhe agradecido pela atenção.

Continue V. fiel à lição admirável do seu cão, se não ouvirmos apenas cínicos latidos.

Lusgon disse...

Uma professora russa pergunta a um aluno: - Quem é o teu pai?
Aluno: - O camarada Estaline!
Professora: - Quem é a tua mãe?
Aluno: - A nativa terra soviética!
Professora: - O que queres ser?
Aluno: - Um órfão!

A.H. disse...

ahahahahahah!