quarta-feira, dezembro 07, 2005

Tamiflu again

A Gilead e a Roche, diz a Gilead, chegaram a um acordo sobre a comercialização bipartida do "Tamiflu".

Entretanto, um médico vietnamita , que terá tratado 41 pacientes humanos com a gripe das aves, alega que o mesmo Tamiflu é absolutamente ineficaz contra o vírus H5N1.

Afinal, em que é que ficamos? Os países andam a adquirir e armazenar (a bom preço, recorde-se) quantidades maciças de uma droga que não serve para nada, excepto tratar uma vulgar gripe?...

6 comentários:

Anónimo disse...

O tamiflu também matou crianças que se fartou.

josé disse...

PArece que sim. A ver vamos se o tiro não lhes vai sair pela culatra...

Lowlander disse...

Ora aqui esta um assunto interessante.

Ja noutros sitios comentei que a medida anunciada em Outubro ultimo de comprar doses para 25% da populacao era um disparate, na altura perguntava-se porque e que nao compravam mais, eu em resposta perguntava-lhes sempre porque carga de agua se compravam tantas doses e isto porque:

1) Os antivirais sao uma tecnologia relativamente recente na industria farmaceutica e nao sao em absoluto antibioticos. Devido a natureza dos virus (que ainda se debate se de facto sao seres vivos (por exemplo nao auto-reproduzem, fazem-se reproduzir nas celulas, sao basicamente um envelope com uma mensagem para as celulas "reproduz-me") e extremamente dificil encontrar moleculas que os inactivem e que ao mesmo tempo nao sejam toxicas para as celulas hospedeiras, alem disso a maioria dos anti-virais so actuam em particulas virais fora das celulas, ora como durante uma infeccao uma particula viral passa bem a vontade mais de 90% do seu tempo no interior de uma celula ve-se que a janela de oportunidade e pequena. Portanto para comecar sao drogas pouco eficazes.

2) O corolario da forma de actuacao de um anti-viral e que esta droga nao "cura" o doente, mitiga os efeitos doenca, evita a propagacao do virus a mais celulas, tera de ser o proprio sistema imunitario do hospedeiro a fazer o resto do trabalho.

3) Mesmo entre os anti-virais o Tamiflu e pouco eficaz, tem uma taxa de eficacia contra a corrente estirpe H5N1 de cerca de 54% porque naturalmente uma populacao de virus tem tambem ela variabilidade genetica na sua populacao pelo que nao reaje da mesma forma a desafios externos como estas moleculas, ou seja, em quase metade dos casos o virus e resistente ao Tamiflu.

4) Mas mesmo que o Tamiflu fosse mais eficaz isso nao seria necessariamente uma ajuda em caso de pandemia. E preciso lembrar que o virus actualmente NAO esta adaptado a seres humanos e ainda uma doenca de efectivos pecuarios, so muito ocasionalmente se transmite a humanos. Para que o H5N1 se torne uma doanca humana necessita de mutar novamente, ou seja, fazer um novo rearranjo genetico para se adaptar a celulas humanas e poder coloniza-las. Ora quando e se isto acontecer, o virus sera diferente! Tera um codigo genetico diferente e apresentara uma capsula diferente! Por isso e que nao podemos fazer vacinas (nao nos podemos imunizar contra o que ainda nao existe) e acima de tudo esta mutacao a ocorrer pode alterar a sensibilidade do virus ao Tamiflu (ou qualquer outro anti-viral)!

5) A conclusao do acima exposto e que se ocorrer uma pandemia pode acontecer que o Tamiflu seja COMPLETAMENTE inutil contra o novo virus, ou que se torne mais eficaz, ou fique na mesma, pode ate acontecer que uma outra droga anti-viral no mercado subitamente se torne eficaz contra a nova variante do virus! Nao se sabe, ainda nao aconteceu, assim sendo adquirir tantas doses de Tamiflu e um exercicio a meu ver temerario.

Naturalmente que se deve ter um stock da droga, mas muito reduzido em cada pais e acima de tudo criar redes de entre-ajuda entre paises para poder deslocar os stocks para areas afectadas rapidamente por forma a controlar um foco emergente da hipotetica doenca. O Reino Unido por exmplo tem stocks para menos de 5% da populacao, creio que estao a adquirir mais doses (um erro semelhante ao portugues ditado pelo panico dos media).

Lowlander disse...

Peco desculpa pela extensao do comentario, mais uma vez entusiasmei-me demais com o tema.

nelson buiça disse...

Influenza A - H5N1 !?!?!?

Quem é esse gajo?

João Villalobos disse...

Ao que parece, a Gilead pertence ao Colin Powell. So, who cares? O nome lembra-me tiramisu, por isso quando vier injecto-a.