sexta-feira, julho 06, 2012

Queimada

Contaram-me hoje.
Miguel Relvas, aluno universitário, chega atrasado à aula. Abre a porta e pergunta:
- "Dá licença, sr professor?"
- "Está licenciado!" - responde o docente.

PS: Fascina-me a origem destes anedotários. Algures, terá havido um autor. Mas rapidamente a coisa devém património colectivo, produto anónimo. Alastra à velocidade de fagulha em capim seco.

5 comentários:

zazie disse...

ahahahahahahahah

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

Num conto de ficção científica que li em adolescente, o do qual não me lembro nem de título, nem de autor, alguém programou um supercomputador para determinar a origem das anedotas. Concluiu-se que essa origem estava numa entidade, não me lembro se extraterrestre se sobrenatural, que, vendo-se descoberta, deixou de ter motivo para as implantar nas mentes humanas. Sem anedotas, a humanidade definhou e extinguiu-se.

JOSÉ LUIZ SARMENTO disse...

Puxando pela cabeça, parece-me que o autor é Isaac Asimov. Parece coisa dele. Mas não tenho a certeza.

Zebedeu Flautista disse...

Valha-nos o Diabo ( jornal) que cocegou a podre situação senão nem anedota nem fagulhão.

AF disse...

José Luiz Sarmento:

A história de que fala foi de facto escrita por Isaac Asimov:

http://en.wikipedia.org/wiki/Jokester

(não me lembro do título "traduzido" na versão portuguesa, nem tenho aqui comigo o livro onde a li)