segunda-feira, outubro 08, 2007

Pensando melhor...

... Só vejo uma forma airosa da Nacinha se penitenciar pelo hórrido e descomunal agravo perpetrado pelos dois meliantes descabelados (literalmente): converter o Panteão Nacinhal em Cemitério Judaico. Ou em Memorial ao Micro-Holocausto de Mil Quinhentos e troca o passo, tanto faz.

6 comentários:

Anónimo disse...

Isso e umas barras de ouro que em tempos tiveram a cruz suástica...

xiribi tátá tátá disse...

Caro Dragão.
Não percebo porque insistes nessa fobia anti-semita que não interessa nem ao menino Jesus que como sabes também era judeu.
Principalmente tendo em conta que desses "dois anormais" ou "dois meliantes descabelados" um deles estava a cagar numa campa.
Ora, se é verdade que, como ouvi dizer "A diferença entre cagar e dar o cu é meramente vectorial" tratavam-se de dois exemplares do celebérrimo Homo paneleirotis em ritual de acasalamento num lugar recôndito.

A.H. disse...

Então não é que a judiaria porca (porque na verdade nunca passaram disso), a mesma que odeia anónimos, anda por cá hoje e mais uma vez anónima !

Eu cá já desconfio que os gajos pagaram aos dois broncos carecas para lhes fazerem este favor!

Quanto ó manino jasus, não foram os teus que o mataram ó meu grande anónimal? O gajo era o palestiniano da altura.

Fica por explicar como é que um judeu foi assassinado por outros. Não era proibido? Capisce ó palhaço?

Anónimo disse...

O manino Jasus era judeu porque professava a religião judaica? Ou porque nasceu na Judeia... ou foi na Galileia? Ou os escribas deram um jeitinho?
Carlos

xiribi tátá tátá disse...

Eh pá, ó a.h.
Com que é que te chateaste?
Foi com o menino Jesus?
Ou também queres participar nos rituais de acasalamento do Homo paneleirotis?

A.H. disse...

Não tenho os teus vícios xiribosta!

E tua obcessão com cus e panascas mostra aquilo que és, um cagalhão.