segunda-feira, outubro 08, 2007

Delitos inexpiáveis


(fotografia do DN)



Começo por dizer que acho lamentável que, a propósito do acto delinquente de dois anormais, o governo da nacinha apenas tenha organizado uma romaria penitente de dois ministros. Julgo que o mínimo de desagravo aceitável seria reunirem, na ofendida necrópole, um Conselho de Ministros completo, presidido pelo Presidente da República e acolitado pelo Conselho de Estado. Até podiam ficar lá para sempre, devidamente parqueados, que o país só lucrava. Além disso, que o Cardeal Patriarca tenha apenas enviado um padre, também me escandaliza: devia ter ido em pessoa. E a flagelar-se. Descalço.
Depois, também não concordo de todo com um dos enquipados peregrinos, quando ele proclama:
"Quando, por preconceito e ódio, alguns delinquentes quebram o dever de respeito pelo direito de expressão, de religião e de culto, nós todos nos identificamos com eles". Precisamente porque não me identifico com eles, com os delinquentes que fizeram aquilo, ou outros quaisquer semelhantes, em cemitérios, igrejas ou até comboios. E seja qual for a sua raça, credo ou classe social. Nem eu nem a maioria das pessoas (todas quantas estão equipadas de cérebro) deste país. Que o ministro, o ministro todo e os ministros todos e mais não sei quem o façam, não surpreende ninguém. É proverbial e lendária a cumplicidade entre delinquentes, a conivência entre minorias mafiosas e o sentido de cartel entre quadrilhas organizadas.
Finalmente, quero declarar que não me interessam certos detalhes sórdidos da vida dos ministros e mentecaptos mal-eleitos deste país. Se são "todos judeus", ou "todos americanos", ou "todos a pata que os pôs", é lá com eles. Poupem-nos a essas porcarias. Vendam-se a quem quiserem, mas guardem ao menos a decência de não se vangloriarem publicamente disso.



PS: Ah, e poupem-nos ao folclore e à retórica balofa. Já deitamos isso pelos olhos! Se querem declarar coisas de interesse público, tratem mas é de informar em quanto é que o Estado Portuguinhês, ou seja, a Maioria Contribuinte vai indemnizar os familiares - os descendentes vivos - das vítimas. Sim, porque não basta pagar uma lancha-rápida e dois ou três F-16s a Israel... Há delitos inexpiáveis!

11 comentários:

zazie disse...

«Sim, porque não basta pagar uma lancha-rápida e dois ou três F-16s a Israel... Há delitos inexpiáveis!»

ahhahahahaha

Não me admiraria nada.

zazie disse...

Isto é uma absoluta anormalidade. Tu já viste o que era vir sempre a tropa fandanga a casa ou ao jazigo quando há delinquência?

Mas a brincar, a brincar, estes imbecis é que contribuem para dar notoridade a umas mijadelas nos finados. É isso que eles querem. Sem mártires não há causas, para nenhum dos lados.

eixo do mel disse...

Judeus,o melhor é "depredá-los" em vida.

Anónimo disse...

Não vi lá o grande negociador das civilizações... ele a quem assenta muito naturalmete o tal barrete...
Agora vai seguir-se uma votação de pesar na união nacional de esquerda se calhar com oferta de foto do vandalismo para o museu do holocausto

judiarias... disse...

«mijadelas nos finados»

Os labregos mijaram ou mijaram-se?...
Agora já nem se pode ir a um cemitérios fazer as necessidades!

PS - Atenção. Se reparem no "filme" da "manifestação de desagravo", o cemitérios está ao abandono...
Agora os judeus irão quer que, com os impostos, ponham tudo a brilhar...

jansenistro disse...

e se os gajos tivessem sido pagos para fazerem aquela javardice??????????

Anónimo disse...

o Jansenista estava de "fato e gravata" ontem na Manifestação da Judiaria.

A.H. disse...

Os se-kinas que fizeram a enormidade provavelmente eram era do RASH, um movimento comuna de se-konas pago pela judiaria para defender a merda avulso.

Entretanto bem o foderam, ao machado.

Os gajos querem-se aproveitar da onda, pois o povinho que começa a ficar farto pode começar é a virar para o pnr. E de uma vez elegeram o pato marrécu-nezes, o sacronarizy de pretugal, e ao mesmo tempo prendem ilegalmente o machado para com o barulho da "discriminação racial" tentar
ludibriar o tanso do "eleitor", "consumidor" ou karalho que o fudor (que deita)!

Mas não só, agora com aquela dos cagadores em campas "eleitas" (e bem separadas das dos miseráveis e não kosher gentios dos quais orgulhosamente faço parte), é mais areiazinha para os olhos, para dizer que os terriveis 35 (mais careca menos careca) "neonnazis" amigos no mario malvado, associados implicita e explicitamente a nacionalistas
são o mal puro e portanto o melhor é votar no pato marreco. Isso, claro está se não votarem na besta do engaynheiro fax-dominicalis josé só-cretino de souza.

Já nem cartas estes jornaleiros do karalho sabem lêr. Tive a lêr a carta que o gajo meteu na nette e na realidade o gajo (pasme-se) até tem razão!
A tal da vilar deve ser uma puta com todas as letras a cheio (como eu conheço mais algumas com quem me tenho de cruzar quase todos os dias), todas "pessoas" muito "bem" e muito respeitadoras das "leis" (da hipocrisia e da putaria, claro está).

Karalho que eu já começo é a ter admiração pelo mário malvadão!!
Entre o mário e o beiças pereira cristão-novo da administração interna e toda a putaria judia de arrasto, já se me acabaram as dúvidas.

E se ainda as tivesse bastava ver a notícia de abertura dos telejornais RTP(PS) e SIC(PSD) a dizerem que o desgoverno foi analisar (do grego analis = cu), cheirar e inalar (afinal para que tens um nariz tão grande avózinha?), algumas bostas de carecas em cima de pedras tumulares de gente sagrada. Mais um crime inexpiável dos malditos cristãos (velhos, claro).

Daaa-sssse

Anónimo disse...

Ou será antes do escuro como o hebreu ? (Abraanalis = Lider de muitos.)

Loool

Anónimo disse...

"Hoje somos todos judeus.", amanhã...
“...representantes do Governo na cerimónia...”. Como não tinham nada para fazer...
“... cerimónia simbólica, marcada por um elevado dispositivo de segurança,...” ?????
Não fossem aparecer por ali umas alminhas despregadas... Parece-me que o melhor é não visitar certos cemitérios. Que digam os outros, a aflição foi tanta, que até arriaram o calhau.
Carlos

Anónimo disse...

LoLoL