terça-feira, maio 08, 2007

5 minutos de pura santidade

Duvido que exista algum homem que consiga ser absolutamente mau. Ou absolutamente bom. Tirando eu, naturalmente, que consigo ambas as coisas em simultâneo e aos domingos. Pois, mas mesmo os piores tiranos, mesmo os mais cruéis déspotas, mesmo Staline, também têm as suas pequenas virtudes, os seus dias luminosos. Ao Joseph, reconheço-lhe um (e já não é mau) de particular felicidade e inspiração: quando mandou dar com um picador de gelo nos cornos de Trotsky. Por aqui se vê que quem diz que ele nunca teve momentos humanitários, mente.

9 comentários:

A.H. disse...

"
Tirando eu, naturalmente, que consigo ambas as coisas em simultâneo e aos domingos.
"

LOOOLL!

"
Ao Joseph, reconheço-lhe um (e já não é mau) de particular felicidade e inspiração: quando mandou dar com um picador de gelo nos cornos de Trotsky.
"

É isso mesmo ó Dragão!

timshel disse...

não é por nada dragão mas essa é uma das questões fundamentais da humanidade (mais importante que esta só a questão essencial e axiomática de saber se na Grande Marcha o Mao ia transportado num burro ou num macho, isto é, o marido da mula)

ainda não se sabe se o Trotsky levou com um picador de gelo ou com uma picareta na cornadura

os subjectivistas burgueses (e aparentemente tu pertences a esta corrente), dizem que foi com um picador de gelo (evoca-lhes os martinis com que se deleitam à conta da martelada proletária) enquanto o operariado sabe que a realidade objectiva consistiu num instrumento de trabalho convertido em instrumento de justiça popular

Anónimo disse...

Não. Foi com um certeiro golpe de piolet, mas não nos cornos. Verdadeiramente foi na nuca, pois Leon estava de costas. De qualquer modo, ainda teve tempo de escrever um dos mais interessantes livros em língua russa "A Revolução Permanente e o Socialismo num só País", que muitos acham que foi escrito depois de ter apanhado com o dito piolet de Lenine. Eu creio, ainda assim, que foi antes. Superstições...

Tralapraki

Anónimo disse...

Ah, mas lá que se escreve muito bem neste blog, isso escreve.

Tralapraki

dragão disse...

Bom, picador, picareta, piolet ou cajado, nos cornos, na nuca, ou na penca, o que é indiscutível é que foi uma boa acção. :O)
Paz à sua alma.

al-face disse...

É em pranto (de tanta alegria) que agradeço ao ilustríssimo Dragão o trzer-nos aqui estas belas memórias da épica e esplendorosa história da saudosa CCCP e do não menos saudoso PCUS.

Viva Fidel Castro!
Viva Hugo Chavez!
Viva o prof. Boaventura Sousa Santos!
Viva Evo Morales!
Viva o Altermundialismo!

Abaixo a opressão neo-liberal!
Um outro mundo é possível!

:o)

A.H. disse...

O Buí.., digo o alface passou-se de vez!

F. Santos disse...

Ó Dragão, isso diz-se? Agora é que o admirador-mor do Léon, o kamarada Louçã, vai achar que você é um facho da pior espécie!

Anónimo disse...

Não sei se reparou, ó FSantos, mas foi mesmo a pensar no Kamarada Loução que eu elaborei este postal. No kamarada Loução e nos kamaradas dele. :O)

Dragão