terça-feira, abril 19, 2005

Dragão e Cavalheiro - Parte II.


Fiquei a saber, com indignação justiceira, que a minha amiga Pérola tem uma putativa rival na blogosfera.
Minha cara Margarida, sem qualquer desprimor ou irreverência para com o senhor seu marido, que estou certo ser um astro radioso coroado de virtudes incomparáveis, quero dizer-lhe que aqui para este velho e belicoso Dragão, famigerada criatura dos abismos, monstro cumulado de defeitos, pérola só há uma. E por muito prendada que seja a sua rival, e por certo é, a meus chispantes mas cristalinos olhos, jamais lhe chegará aos calcanhares. Serei bruto, mas não sou cego.
Que Deus a guarde!
Porque se Ele não guardar, guardo-a eu. Entre nós, dragões, é tradição ancestral guardar tesouros.


PS: No grego "Margarithes" significa "pérola" (Como "margaros" é o "coral donde se extraem as pérolas").

7 comentários:

MP disse...

Meu Caro Dragão Cavalheiro e Amigo,

Belas e amistosas palavras que me lança, muito grata por tão cavalheiresca presença, e pela sapiência da etimologia ;)

Cumprimentos draconianos :)

MissPearls disse...

Caro Dragão,
Considero elogioso considerar-me "rival" da MP (Margarida? Um nome bonito).
Certamente já viu o meu modesto blog e a minha humilde sabedoria, o que só vem confirmar a sua indignação.
E tem toda a razão em afirmar que eu "jamais chegarei aos calcanhares da MP". Longe de mim tal presunção! Mais um motivo para não perder tempo com esta pérola de pechisbeque um bocado esverdeada pelos ares vindos do Campo Grande.
Apesar de não me ter em grande conta (cheínho de razão), será sempre bem-vindo ao meu modesto e singelo blog.
Os meus cumprimentos
Miss Pearls

http://xanelcinco.blogspot.com/

MP disse...

Ahah :), Miss Pearls,

são os olhos amistosos e considerados do meu amigo Dragão - homem sapiente e profundo, não houve intenção de qualquer desconsideração à sua pessoa :)

dragão disse...

(Diabo, lá me meti eu num grandessíssimo sarilho...)

Caríssima Miss Pearls,

Modesta, miserável, abaixo de cão é esta minha inenarrável espelunca e o seu não menos hediondo e rústico morador!
O seu espaço, bem pelo contrário, é um palco de bom gosto, universalmente reconhecido e justamente celebrado. Proclamo-o sem ironias nem manhas reptilianas aladas ou de qualquer espécie!
Agora, tente compreender e perdoar: na minha qualidade de Dragão da Triste Figura tenho deveres para com as damas a quem jurei devoção cavalheiresca e cujo lenço ostento em peregrinação galharda. São tradições que estão na família desde os meus avoengos predecessores e remontam à antiga Provença.
Não entenda, pois, o ritual como um menoscabo para si. É, vossa senhoria, não tenho dúvidas, ninguém tem, a mais excelente e donairosa das blogodonzelas. Trata-se apenas que as minhas apoderadas -a MP e a Inês-, por pendão e penhor, participam já da dimensão do sublime.(Sem esquecer, claro está, a Zazie, essa desmiolada, que está em vias de abraçar o sacro hábito de sacerdotiza).
Em resumo, não pense mal deste animal mitológico que, em momento algum, quis diminui-la, mas apenas enaltecer aquela que o dever cavalheiresco lhe obriga. Releia Cervantes e compreenderá.

Assim, de modo a idemnizá-la dum qualquer deslustre que não era intencional, permita que a saúde, a linke e a visite.

Com a maior estima e consideração,
Dragão

MissPearls disse...

"O seu espaço, bem pelo contrário, é um palco de bom gosto, universalmente reconhecido e justamente celebrado. Proclamo-o sem ironias nem manhas reptilianas aladas ou de qualquer espécie! " Oh! Maravilhoso elogio!!

Depois de tão sábias palavras, só me resta penitenciar-me pela inveja de não ter nobre cavalheiro que corra em minha defesa.

Com a maior estima e consideração,
Miss Pearls (já com o D. Quixote aberto na página 4)

zazie disse...

A desmiolada agradece. E ainda que de hábito vestida, garante que mais facilmente enfrentaria um séquito de labaredas draconianas que uma perfumada disputa entre duas flores “:O.

MP disse...

Oh Zazie, obrigada :)