segunda-feira, fevereiro 19, 2007

Transbordos abruptos

«Explosão de MacDonalds foi acto vandalista», diz a procuradoria-geral de São Petersburgo.

Vandalismo é que não, tenham lá santa paciência! Está na cara que se trata apenas de mais um episódio na guerra comercial entre seitas genocidas rivais. É como vos digo: dum lado, os que querem matar pessoas através do envenenamento metódico; do outro, os partidários da matança através do bombismo avulso e indiscriminado. Duas escolas visceralmente antagónicas quanto ao modus operandi, agravado com a perseguição feroz da mesma quota de mercado... Paradoxalmente, os da Comida-Rápida (dita fast-food) querem matar em câmara lenta; enquanto os da civilização lenta anseiam por despachar com a maior rapidez. Às tantas, o cliente é que já não sabe a quantas anda: à deriva num universo filho dum Big-bang, entra para se suicidar com um Big-Mac e sai, abreviado, a galope num Big-BOOM!!... Quer dizer, julga que embarca no "Pára-em-todas" e afinal apanha o TGV.

5 comentários:

ab disse...

Não gosto de ser desmancha-prazeres mas cada vez mais se torna claro que podemos muito bem estar a caminha de uma 'épica reedição' do Verão de 1914.


(Há quem ainda, se calhar, não se tenha apercebido. Esses são os 'bem-aventurados'...)

gaivina disse...

AB: até concordo contigo!
Estamos no limiar do fim da civilização ocidental...

ch'an disse...

BAHAHAH HAHH AHAHH HHAHHAHA!!
...ahhhhhhhh

%)

rui disse...

no limiar? só?
quer dizer que ainda temos algum tempo antes do Juízo Final?
Rezem...
(é impressão minha mas este blog de alguns tempos para cá apresenta tendências milenaristas?É que ainda falta muito para o fim deste milénio)

dragão disse...

O blogue não. Mas as caixas de comentários do blogue, sim. Dessas e de todo o tipo de tendências. Afinal, isto é uma ribaldaria.