sábado, agosto 30, 2008

O Anti-semitismo endémico e hereditário




Basicamente, a tese dos sites sionistas é a seguinte (e recomendo a todos que o confirmem pessoalmente): todos os gentios, sobretudo europeus, são anti-semitas congénitos. Temos dificuldade em lidar com a raça superior. Nesta pandemia geral e ancestral, ocorrem três categorias principais: aqueles que tomam consciência disso mas procuram curar-se, penitenciando-se e lambuzando Israel mai-lo seu estatuto excepcional a todas as horas; aqueles que tomam conhecimento disso mas não resistem ao atavismo assediante e desatam a odiar e invejar os seres superiores; e aqueles que, um pouco à semelhança dos seropositivos ingénuos, desconhecem esta terrível fatalidade que os embosca e pastam indefesos, ou, em percentagem inquietante, começam já a manifestar sinais da síndrome, senão ainda em palavras, já em pensamentos...e sonhos premonitórios.

A magna e santa tarefa do activismo sionista (não direi que é uma conspiração porque me parece mais uma transpiração) é desenvolver estrénuos e congregados esforços para que os da primeira categoria não negligenciem o tratamento; os da segunda categoria não esmoreçam na fobia (crucial, justificante e fermentadora de todo o processo); e, finalmente, que os da terceira categoria, a mais vasta e problemática, se transfiram gradual e convenientemente para as outras duas, ou seja, em larga escala para a primeira, e em pequena -mas sempreviçosa - porção para a segunda. Porque, tanto quanto incensados, os manipanços adoram sentir-se importantes.

5 comentários:

adolfo disse...

Eu,judeus,gosto de os ver entrar pela porta e depois saír pela chaminé...

Anónimo disse...

Loooool!!!

O caral..., eu não sou japonês, portanto tenho de ser filo-nipónico?

Não sou negroide, portanto tenho de me ppintar de preto?

...

Não sou "eleito", portanto tenho de fingir que não vejo a merda mesmo à frente aos meus olhos, senão sou anti-semita!!?

A.H.

Anónimo disse...

Loooool!

Os judeus são como o pai natal, mas ao contrário:

O p.n. entra pela chaminé, eles saem!

o p.n. oferece coisas, eles levam-nas!

o p.n. é um gajo porreiro bem vindo a todo o lado, eles "também"...!!!

o p.n. voa no seu ternó, eles rastejam pela sua "eleição".

A.H.

Anónimo disse...

Ao “think tank”, ou seja, ao “tanque pensador” (ele há cada denominação, que até define bem, o que de lá sai), dedico-lhes este música.
http://www.youtube.com/watch?v=dHpSCHxb780
Bem haja caro Dragão
Carlos
PS
Até porque, quero retomar as rédeas da minha vida nas minhas mãos:):):):):):):)

e. lazarus disse...

Cadê o anti-semitismo nietzscheniano? cadê argumentos que refutem a Jewish power?

Vocês, anelídeos, vêm da merda do cu e, quando encurralado, para a merda do cu voltam.