domingo, março 20, 2005

My Fair Lady


Hoje é dia de faxina aqui no blogue. Quer isto dizer que me dedico ao assédio sexual sobre a criada. Mas não digam nada à senhora Dragão.
Entretanto, nada de se porem para aí com malícias a imaginarem cenários alucinados, perseguições tresloucadas - ela a cavalo no aspirador e eu à desfilada no carrinho-bar - como nos filmes americanos. Ou ela ainda, acrescente-se, já encurralada, desfraldada, suplicante; e eu, quase a babar-me, de mastro em riste, com bigode à Roflin, num esgar feroz de pirata disposto às piores sevícias (sendo que, neste particular caso, as piores coincidem com as melhores). Não; isso foi antes.
Agora já vamos naquela fase em que eu, com a distinta erudição que todo o mundo me reconhece, lhe dou aulas –primeiro teóricas e depois práticas ( como, de resto, recomenda a boa pedagogia) -, de Iniciação ao Latim. Exactamente: latim. Começando pela palavra "felatio"...
E com que facilidade esta boa alma e melhor nalguedo aprende!...É a alegria de qualquer professor que se preze. Um enlevo! Direi mais: o desempeno e o timbre mavioso com que na sua boca trina o verbo defunto, a vivacidade com que ela o palataliza e ressuscita, quase nos transporta à crença pia na predestinação. Quem fala no Latim como uma língua morta não sabe o que diz, nem, seguramente, experimentou a língua hábil desta voluntariosa rapariga. A língua e, naturalmente, os lábios, as amígdalas, o forro aveludado das bochechas, enfim: todo o aparelho aurifalante.
Já agora, enquanto ela, mocetona gulosa e desembaraçada, se exercita e refastela, aproveito para ir actualizando a coluna dos "linkes".
(Vou ter que ser é rápido: pela forma sôfrega e endemoninhada como esta mariola aspira as vogais e haure, quais rebuçados suculentos, as consoantes, não sei por quanto mais tempo poderei responder pelos meus actos. Um dragão, apesar de pau feito –e como essa mesma propriedade sugere-, não é de ferro.)

-"Atenção aos dentes, sua bandida!...Não mutiles a sílaba tónica!..."

3 comentários:

Pantera disse...

Pois pois..a sua criada deve gostar muito de si,proponho que lhe dê um aumento!!!

Cumprimentos!!!

Å disse...

Qual Pipi, qual carapuça...

riacho disse...

(eh eh eh... nem sei como me escapou este texto!...)

Agora já compreendo a existência de símbolos, nos links, como:
硼/a> e ƒÂ©, mais ó...

Tudo tem a sua explicação científica (neste caso, mais pró física :o) )